Blog acadêmico da disciplina Teoria e Introdução a Publicidade e Propaganda do curso de Comunicação Social da Universidade de Uberaba

09:40 Comment1 Comments

Existem várias técnicas que são utilizadas para criar mensagens que sejam persuasivas. Algum tempo tem-se dedicado para analisar os meios pelos quais as mensagens de propaganda são transmitidas, e este trabalho é importante.
Identificar estas mensagens de propaganda é um pré-requisito necessário para estudar os métodos utilizados para divulgação destas mensagens. Por isso é essencial ter algum conhecimento das seguintes técnicas de geração de propaganda:

1) Repetição Nauseante - Uma idéia repetida suficientemente se torna verdade. Esta técnica funciona melhor quando o acesso a mídia é controlado pelo propagandista. Ex: repetir a propaganda incansávelmente no rádio, ou TV (jingle criado para novo telefone da Dujato: 1019, 1910...)

2) Apelo à autoridade - É a citação, ou utilização da imagem de uma pessoa/personalidade proeminente para apoiar um posicionamento, idéia, argumento ou alguma ação em desenvolvimento. Ex: campanhas ou peças que usam uma personalidade para agregar valor ao produto, e credibilidade à mensagem. Ex: comercial do Instituto Boa Fé, com Giani; campanhas de combate ao Câncer de Mama; campanhas de moda, etc.
3) Efeito dominó e/ou Vitória inevitável - Tenta convencer a audiência a colaborar com uma ação "com a qual todos estão colaborando", "junte-se a nós". Essa técnica reforça o desejo natural das pessoas de estar no lado vitorioso e visa a convencer a audiência que um programa é a expressão de um movimento de massa irresistível e que é de seu interesse se juntar a ele. A "vitória inevitável" incita aqueles que ainda não aderiram a um projeto a fazê-lo, pois a vitória é certa. Os que já aderiram se sentem confortados com a idéia de que tomaram a decisão correta e apropriada. Ex: campanha dos “Geloucos” (bonecos que brilhavam no escuro); que dizem “você PRECISA deste produto”, “todo mundo já comprou um Ford novo, você não pode ficar de fora”).
4) Estereotipificação ou Rotulagem - Essa técnica busca provocar a rejeição em uma audiência rotulando o objeto da campanha de propaganda (o conceito da camapanha, a idéia central) como algo que o público-alvo teme, desgosta, tem aversão ou considera indesejável.
5) Homem comum - O "homem do povo" ou "homem comum" é uma tentativa de convencer a audiência de que as posições do propagandista (a campanha em sí, a mensagem, o conceito) refletem o senso comum das pessoas (é o que todo mundo pensa, é o que todo mundo quer). É utilizada para obter a confiança do público comunicando-se da maneira comum e no estilo da audiência. Propagandistas usam a linguagem e modos comuns (e até as roupas, quando em comunicações audiovisuais presenciais) numa busca de identificar seus pontos de vista com aqueles da "pessoa média". Ex: campanhas que, ao invés do galã ou da modelo, trabalha-se com alguém que represente melhor o público, que causem uma identificação; uma maneira de criar uma imagem mais próxima da realidade do consumidor final.
6) Slogan - Um slogan é uma frase curta e impactante que pode incluir rotulação e estereotipação. Se slogans podem ser criados a respeito de determinada idéia, devem sê-lo pois bons slogans são idéias auto-perpetuáveis. Ex: Se é Bayer, é bom! / Mc Donald's – Amo muito tudo isso / etc.
7) Termos de Efeito - São palavras de intenso apelo emocional tão intimamente associadas a conceitos e crenças muito valorizados que convencem sem a necessidade de informação ou razões que as apoiem. Elas apelam para emoções como o amor à pátria, lar, desejo de paz, liberdade, glória, honra, etc. Solicitam o apoio sem o exame da razão. Embora as palavras e frases sejam vagas e sugiram coisas diferentes para pessoas diferentes, sua conotação é sempre favorável. Ex: campanhas que exploram expressões fortes - “Nós podemos!”; “Você é tudo!”, “Viver sem fronteiras!”. Obs: às vezes, os Termos de Efeito utilizados podem confundir-se com o próprio slogan da marca, ou produto.
8) Testemunhal - São citações, dentro ou fora de contexto, efetuadas especialmente para apoiar ou rejeitar uma idéia, ação, programa ou personalidade. Explora-se a reputação ou papel (especialista, figura pública respeitada, etc.) daquele que é citado. O testemunho dá uma sanção oficial de uma pessoa ou autoridade respeitada à mensagem de propaganda. Isso é feito num esforço de causar no público-alvo uma identificação com a autoridade ou para que aceite a opinião da autoridade como sua própria. Ex: a maioria de propagandas (impressas), de produtos para cableo, pele, trazerm artistas que acham a idéia baca.

Métodos para transmitir mensagens publicitárias
Métodos comuns para transmitir mensagens de propaganda incluem noticiários, comunicações oficiais, revistas, comerciais, livros, folhetos, filmes de propaganda, rádio, televisão e pôsteres, que relacionem o produto/serviço oferecido quanto as suas características e benefícios. No caso da divulgação de uma idéia ou conceito o meio utilizado deve corresponder ao público-alvo da campanha e acompanhado da linha de pensamento do seu criador, afim de instigar no público o interesse e a aderência à idéia/conceito.

1 comentários:

Rhuan Mourao disse...

vcs sao mintiroso filha da puta

Postar um comentário